Unidados Contabilidade

Notícias

Brasileiro, futuro imprevisível

No atual mundo globalizado, agregado aos avanços da tecnologia da informação, países afetados por CRISES internas querem sejam, políticas, econômicas, sociais, de desemprego

“O jovem brasileiro que desejar ter um futuro promissor, DEVE refletir sobre suas possibilidades, ou participará das estatísticas decadentes sociais e se tornará um ESCRAVO MODERNO”. (Elenito Elias da Costa e Levy da Costa)

INTRODUÇÃO

No atual mundo globalizado, agregado aos avanços da tecnologia da informação, países afetados por CRISES internas querem sejam, políticas, econômicas, sociais, de desemprego, etc., tendem a sentir muito mais que os demais, e se essa POPULAÇÃO não buscas suas melhorias estará fadadas ao fracasso social.

O mundo após a pandemia ficará muito mais seleto que dantes quanto ao mercado laboral, pois a busca de recuperar o tempo perdido será voraz e a sociedade e empresas precisam de recursos humanos para que possam manter a sua sustentabilidade e continuidade, mas sabemos das dificuldades que hão de acontecer.

O profissional brasileiro sabe que sua busca para sobreviver ou mesmo obter um emprego ou trabalho e se prover o seu orçamento é bastante difícil, mas a tendência pé ficar ainda mais complicado se levarmos em consideração a fragilidade da nossa educação quando comparada com os demais profissionais de outros países.

Todos nós devemos proceder a uma ANÁLISE SWOT e possamos identificar nossos pontos fortes e fracos e que possamos inserir melhorias que o retorno a esse NOVO tempo.

PANDEMIA E CRISES

O período da pandemia motivado pelo CIVID-19, que seja o isolamento ou mesmo o lockdown agregado à crise da economia, ocasionam aceleração dos agravos sociais, eleva a crise econômica, eleva o desemprego, criam dificuldades sociais de meteórica dificuldade.

As empresas tendem a buscar reduzir seus investimentos e manter controle rígido de seus custos e despesas, forçando a redução do quadro de colaboradores.

A nossa cultura é buscar a segurança de um emprego formal que a cada dia se torna mais difícil.

Diante desse cenário o mercado laboral se torna mais difícil, já que há mais procura do que oferta, induzindo esse mercado a ficar mais seletivo na escolha de seus colaboradores, mas encontra uma seara de profissionais sem as qualidades necessárias, ou seja, sem a capacitação e qualificação antenada com o Mercado globalizado.

“No mundo globalizado a seletividade acontece naturalmente, mas depende demonstram a sua habilidade, competência, eixo prático, humanismo, tecnologia da informação, inteligência artificial e idiomas, dentre outras qualidades”.

É fato que CHINA tem possibilidade de investir no Brasil, e ainda buscar ajudar a desenvolver o nosso economia, mas sabemos que toda AÇÃO CORRESPONDE A UMA REAÇÃO IGUAL E OPOSTA, no sistema capitalista nada é de graça, mesmo que nebule a responsabilidade social, pois os resultados positivos justificam os meios, nesse seara democrática.

Tudo tem o seu preço ajustado conforme necessidade de cada um, ou seja, temos riquezas naturais, terras férteis e mão de obra barata e ainda não qualificada, estamos abertos ao mercado globalizado.

O Brasil não tem Capital para investir em melhorias e contenção dos agravos sociais e busca parcerias num mercado que só tem LOBO, obviamente seremos vitimas do sistema.

PROFISSIONAL

O profissional brasileiro em quase sua totalidade precisa melhorar sua capacitação e qualificação para que possa adentrar nesse seleto mercado de concorrência global, mas sabemos quão pequeno número estará preparada, a grande massa fará parte de estatística gráfica degenerativa.

Estamos convictos que a nossa EDUCAÇÃO não tem a qualidade desejada, diante dessa verdade podemos então elaborar um planejamento mais focada na busca de recuperar o tempo perdido que possamos nos igualar ao profissional globalizada, tais como:

  1. Tecnologia da Informação
  2. Inteligência Artificial
  3. Falar outros idiomas
  4. Adquirir maior habilidade e competência
  5. Buscar ser mais humanista
  6. Perfil generalista
  7. Ético e aglutinador e comprometido

Outro fator que devemos nos acostumar é a REDUÇÃO do poder de ganho real nos salários dos cargos e funções existentes, pois isso tende a variar conforme o MERCADO, e sabemos que há maior OFERTA e grande PROCURA, ocasionando as oscilações e volatilidades das remunerações.

E o mais gritante que a concorrência existente nesse mercado é global, ou seja, devemos competir em igualdades de condições com diversos profissionais de outros países.

Os empregos perdidos nesse periode pandemia devem afetar sobremaneira o índice de Desemprego, que após término do citado período poderá ser paulatinamente recuperado, mas depende do Mercado, e principalmente do nível de educação e cultura que devem motivar essa procura.

FUTURO IMPREVISÍVEL

Estamos num momento muito peculiar, diante do cenário que vivenciamos, estamos sem Ministro da Educação, sem Ministro da Saúde, uma crise pandêmica, uma crise econômica, uma crise social e política, temos desemprego em alta, empresas em processo de negociação judicial e outras em processo falimentar, as demais sem fôlego para manter a sua sustentabilidade e continuidade de sua atividade econômica, sociedade atabalhoada, é visível a grave situação do brasileiro nesse exato momento.

Os Poderes Constituídos todos sem exceção com problemas sérios para serem resolvidos, mas não conseguem buscar uma solução plausível que possa lhe conceder maior credibilidade, e em pleno ano eleitoreiro.

As RESERVAS sendo garfadas para atender programas emergenciais que possam amenizar a situação dessa sociedade.

Um mundo globalizado que acelera velozmente juntamente com a inteligência artificial e nos parece que não deverá reduzir para que possamos partilhar desses avanços.

Há comprovadamente uma grande fragilidade educacional que afeta o desenvolvimento dos profissionais e da própria economia.

O sistema escolhido pelo Brasil tem seus pontos fortes e fracos, mas qualquer que seja o remédio, ele deverá ser amargo o suficiente para proceder ás mudanças que são essenciais e necessárias para o estado clínico do paciente.

CONCLUSÃO

Acreditamos que o Brasil precisa de uma mudança radical para que possa encontrar o caminho salutar e oferecer á sociedade as melhorias dos agravos sociais tão necessárias para essa Nação.

Não haverá melhorias sem que possamos quebrar os paradigmas sociais, e esse processo deve ser amargo, mas acreditamos que esse hiato temporal seja suficiente para direcionar essa Nação a um futuro promissor.

Todo processo tem RISCOS que devem ser previamente calculados, para que não haja erros, daí entendemos que a estratificação social terá somente um status, evitando as desigualdades sociais que se configura nos direitos individuais do artigo 5º. Da nossa Constituição Federal.

É plausível o entendimento de que o ano de 2020 e o primeiro semestre de 2021 estão seriamente comprometidos, caso não tenhamos um fator motivador para alavancarmos o crescimento necessário.

O BSC (Balanced Scorecard) para o Brasil deverá ter como foco a EDUCAÇÃO DE QUALIDADE, somente assim podemos visualizar um futuro promissor satisfatório para todos.

AUTORES: Elenito Elias da Costa e LEVY DA COSTA.

Últimas Notícias

  • Empresariais
  • Técnicas
  • Estaduais
  • Artigos

Agenda Tributária

Período: Agosto/2020
D S T Q Q S S
      01
02030405060708
09101112131415
16171819202122
23242526272829
3031

Cotação Dólar