Unidados Contabilidade

Notícias

Pagamento do 13º salário INSS antecipado: quais os valores e datas?

Governo anunciou que depósitos das duas parcelas acontecem entre maio e junho

A Secretaria Especial de Previdência e Trabalho confirmou que o pagamento do 13º salário INSS (Instituto Nacional de Seguro Social) para este mês e junho.

Os depósitos estão previstos para começar em 25 de maio, para quem recebe até um salário mínimo. Beneficiários que recebem além desse valor receber a partir de 1º de junho.

São contemplados pela antecipação beneficiários do auxílio-acidente, auxílio-doença, auxílio-reclusão, pensão por morte, aposentadoria e salário-maternidade. Quem recebe renda mensal vitalícia e BPC (Benefício de Prestação Continuada) não tem direito.

Em 2020, o Ministério da Economia realizou a antecipação do pagamento do 13º salário INSS para que os contemplados pudessem arcar com eventuais gastos da doença. A expectativa da pasta era repetir neste ano os depósitos das duas parcelas em abril e maio, mas a demora em aprovar o Orçamento 2021 atrasou o processo.

Quais os valores e datas do pagamento do 13º salário do INSS?

A previsão é que o pagamento da 1º parcela do 13º salário INSS comece em 25 de maio e vá até 8 de junho. A segunda parcela deve começar 24 de junho e ir até 7 de julho.

Cada parcela corresponde a 50% do benefício total. Para beneficiários que ganham mais de um salário mínimo, pode haver desconto. Porém, a primeira parcela sempre corresponde à metade do valor recebido habitualmente, e apenas na segunda haverá abatimento do valor.

Veja o calendário de pagamento do 13º salário do INSS:

A ordem de recebimento é baseado no número final do cartão do beneficiário.

Para quem ganha até um salário mínimo (R$ 1.100):

1: parcelas em 25 de maio e 24 de junho;
2: parcelas em 26 de maio e 25 de junho;
3: parcelas em 27 de maio e 28 de junho;
4: parcelas em 28 de maio e 29 de junho;
5: parcelas em 31 de maio e 30 de junho;
6: parcelas em 1º de junho e 1º de julho;
7: parcelas em 2 de junho e 2 de julho;
8: parcelas em 4 de junho e 5 de julho;
9: parcelas em 7 de junho e 6 de julho;
0: parcelas em 8 de junho e 7 de julho.

  • Para quem ganha acima de um salário mínimo:

1 a 6: parcelas em 1º de junho e 1º de julho;
2 a 7: parcelas em 2 de junho e 2 de julho;
3 a 8: parcelas em 4 de junho e 5 de julho;
4 a 9: parcelas 7 de junho e 6 de julho;
5 a 0: parcelas em 8 de junho e 7 de julho.

Injetar dinheiro na economia

A decisão em antecipar novamente o pagamento do 13º salário INSS é um estímulo do governo para tentar injetar dinheiro na economia, em um novo momento de avanço da pandemia da covid-19 no país.

Originalmente, o 13º salário INSS já é depositado em duas parcelas – a primeira em agosto, e a segunda em novembro.Ou seja, o fato do pagamento ser antecipado não afeta os cofres, já que está previsto nos gastos públicos.

Últimas Notícias

  • Empresariais
  • Técnicas
  • Estaduais
  • Artigos
  • Melhores

Agenda Tributária

Período: Junho/2021
D S T Q Q S S
  0102030405
06070809101112
13141516171819
20212223242526
27282930

Cotação Dólar